Programa UC Pernambuco

ARIE Ipojuca-Merepe: local de alimentação e reprodução de várias espécies de aves

A Área de Relevante Interesse Ecológico Ipojuca-Merepe foi criada em 2014 e está situada no Distrito de Nossa Senhora do Ó, no limite sul do Complexo de Suape, em Ipojuca. Possui uma área total de 1.488,81 hectares e está inserida no Bioma Mata Atlântica, compreendendo áreas de matas, manguezais e restingas. A Unidade de Conservação abriga não somente espécies que são comuns a estes ecossistemas, mas também que biogeograficamente apresentam distribuição restrita. Ambos funcionam como sítios de alimentação e reprodução de diversas espécies de aves aquáticas, marinhas e migratórias.


Objetivos da ARIE- Ipojuca Merepe:


I – Conservar, proteger e recuperar uma importante área de Mangue e de Restinga, ecossistemas associados de Mata Atlântica, que representam elevada importância ecológica;
II – Proteger remanescentes com área suficiente para manutenção de unidades ecológicas e populações viáveis de muitas espécies da flora e da fauna;
III – Promover o manejo adequado dos recursos naturais, com a garantia da qualidade e perpetuidade destes;
IV – Promover e apoiar o desenvolvimento de pesquisas científicas;
V – Incentivar atividades de turismo ecológico, visto que a área possui beleza cênica relevante;
VI – Promover e apoiar atividades de educação ambiental.


No âmbito do Programa UC Pernambuco, as ações previstas para a ARIE Ipojuca-Merepe preveem a Elaboração de Diagnósticos Socioambientais Participativos (em andamento), Plano de Manejo, implantação de conselhos gestores e indicação de oportunidades de Corredores Ecológicos. Contratado pela Semas-PE, o Instituto de Tecnologia de Pernambuco (Itep) é a entidade responsável pela execução do Programa, atuando conjuntamente com a empresa PLANTUC – Projetos Socioambientais nessa área.


ARIE – Área de Relevante Interesse Ecológico é um local, em geral de pequena extensão, com pouco ou nenhuma ocupação humana, com características naturais extraordinárias ou que abriga exemplares raros da biota regional. Tem como objetivo manter os ecossistemas naturais de importância regional ou local e regular o uso admissível dessas áreas, de modo a compatibilizá-lo com os objetivos de conservação da natureza.


PROGRAMA – O Programa UC Pernambuco é uma iniciativa da Secretaria Estadual de Meio Ambiente e Sustentabilidade (SEMAS) e recebe recursos provenientes da compensação ambiental arrecadados pela Agência Estadual de Meio Ambiente (CPRH), órgão responsável pelo gerenciamento das Unidades de Conservação no Estado. O objetivo é a promoção de soluções integrados no que diz respeito à gestão ambiental de UCs. Ao todo, serão contempladas 47 unidades, distribuídas por 35 municípios, localizadas em áreas dos biomas Caatinga e Mata Atlântica e ecossistemas associados, que estão divididas em agrupamentos para execução do Programa.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.